Teori e o Brasil: o país dos “acidentes pavorosos”

“Somos todos vítimas de uma trapaça da sorte.” — Ministro Barroso do STF que assumirá em caráter emergencial a relatoria da Lava-Jato em nota de pesar sobre a morte de seu colega magistrado

E que trapaça… Político bandido no Brasil tem tanta sorte que o Brasil parece até o triangulo das bermudas. E tem gente que acredita que é a economia e não a política que é regida por uma mão invisível….

Mas nem se não fosse. Nem que tenha sido mesmo um acidente, o que não podemos é ficar assistindo eles tirarem vantagem de novo de tanta sorte… não podemos deixar calados essa história virar mais uma, entre tantas, mal explicadas do Brasil enquanto esses políticos criminosos usam dessa sua incrível em solo brasileiro para se safar de mais uma.

o importante quanto uma investigação independente para saber o que foi e o que não foi isto; tão importante quanto saber porque o povo brasileiro tem tão pouca sorte e criminalidade política ganha na loteria sempre; tão importante quanto acabar com essa superstição, essa maldição misteriosa de quem tem o azar de cruzar o caminho deles acaba morrendo tragicamente; tão importante quanto tudo isso é não deixar de forma alguma que esses sortudos tirem de novo vantagem de mais um “acidente trágico” mais uma desgraça alheia, tenham eles alguma coisa a ver com isso ou não.

Em outras palavras, em hipótese alguma podemos aceitar que eles utilizem a morte do ministro para frear as homologações, ou colocar a relatória na mão de algum pau-mandado que vá livrar a cara de quem todo mundo sabe quem é. Porque eles tem muita sorte, afinal em meios ao medo e o caos dos presídios, com exército nas ruas, líderes de movimento social sendo presos, pode ser muito bem que toda a canalhada da esquerda e direita conseguirá enfim escapar junta pela porta dos fundos em meio a cortina de fumaça.

Mas se isso acontecer pode ter certeza de uma coisa: pode esquecer de vez qualquer esperança de futuro próximo para o Brasil que não seja a revolucionária.

Se nem essa morte, se nem essas denuncias, se nem esse preludio de convulsão social forem capazes de tirar o brasileiro da sua letargia, alienação e idiotia política, então nada absolutamente nada, senão uma revolução popular salva o Brasil desse assassinato constitucional e suicídio institucional. Nada senão o levante do seu próprio povo, poderá tirar a nação do buraco que nossos grandes líderes nos colocaram.

Na verdade, pode-se começar a dizer que o que estamos assistindo no Brasil é a reprodução em plano nacional da mesma estratégia global de virada de mesa. A estratégia daqueles que depois de apostar o que não tinham, e perder; depois se serem pegos roubando no jogo de cartas marcadas, tentam virar a mesa e quebram tudo e causar uma briga generalizada para ver se escapam sem pagar a conta. E voltar depois quando a poeira abaixar, com os bolsos ainda bem cheios para recomeçar exatamente o mesmo jogo.

Esta é a estratégia criminosa de quem está perdendo a sua hegemonia mas resolveu apelar para não pagar a conta, nem responder pelo que fez…virar a mesa e colocar fogo no circo.

Ou não? É só mais outro trágico acidente que costuma acontecer em tempos de crise com quem não aceita jogar ou tenta sair desses jogos “de azar”.

Eu não sei quanto a vocês mas eu sou um cara muito supersticioso- sabe como é cada louco com a sua mania- eu acredito nessa superstição tola do povão que no dia em que a gente se livrar de vez desses bandidos políticos (pode ser para começar esses mesmos que “por acaso” estão aí com seus nomes nas delações da Odebrecht e que da Camargo Correa) eu acredito que nossa maré de azar vai mudar. Como pode né? O que uma coisa tem a ver com a outra? O que eles poderiam ter haver com essas tragédias? Nada.

Coisa de gente ignorante que quer criminalizar a nobre classe política, gente que não sabe que essa gente dedica sua vida ao bem público e seria incapaz de machucar uma mosca. Uma mosca.

“Como esse povinho é idiota… acredita em cada bobagem…”

Vai trabalhar vagabundo… quero dizer vai procurar emprego vagabundo… ou tá pensando o quê? que agora você é quem? o Mike Jagger?

Não sei porque, de repente me lembrei do Ulisses…

Já deu. Chega de por a culpa no azar. Uma nação que não é dona nem faz seu próprio destino é claro que nunca terá sorte, nem sequer conseguirá escapar jamais das mãos dos homens mais sortudos do mundo.

Image for post
Image for post
No Brasil a ave de rapina que simboliza nosso governos e governantes é outra

Written by

X-Textos: Não recomendado para menores de idade e adultos com baixa tolerância a contrariedade, críticas e decepções de expectativas. Contém spoilers da vida.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store