Sorteio na Lava-Jato? Prisão sem isolamento do Eike?

Permitam-me completar o que faltou no raciocínio

“Pensando na sopa que damos pro “azar” o que surpreende não é as desgraças que acontecem, mas as que não acontecem no Brasil”

É uma cara de pau que nunca acaba…

Isso parece até aquela história do malandro que acha que todo favelado é bandido, ai faz um seguro, estaciona o carro todo zoado na entrada da favela e fica esperando dar aquele azar de ser roubado para receber a grana. E depois diz para se defender: mas você acha que eu sou preconceituoso de achar que todo favelado é ladrão? Quando eu poderia imaginar que uma coisa dessas pudesse acontecer?”

Pois é.

Pode ser mesmo que não esperem nada nem aconteça nada. Pode até mesmo acontecer deles nem serem nem os preconceituosos nem os dissimulados conforme lhes convém. É possível. Mas e se acontecer algo você acha que terá sido muito azar de novo? E se não? Se nada acontecer não seria isso sim muita sorte considerando quanta brecha se deixa para dar errado?

Conspiração? Conspirar o quê? Inventar para quê se só o que se precisa é facilitar? Como eu disse, depois não sabem porque será que a gente desconfia tanto.

No Brasil você nunca tem como saber onde está o limite entre incompetência e cumplicidade, entre corrupção e burocracia, entre burrice e má-fé, até porque é exatamente nessa zona cinzenta da politica e da justiça que todos eles se escondem e escapam. Isto é o que nós chamamos nos manuais da corrupção brasileira como “o caos que não se improvisa”, uma expressão idiomática que não faz muito sentido para os gringos, mas que se traduz perfeitamente para eles como: desgraça alheia estrategicamente planejada.

Mas não me venham com teorias conspiratórias. Porque não precisamos delas para ver tudo que está acontecendo, porque isso é literalmente um tapa na nossa cara.

Mané sorte? Sorte ou azar? São conceito tão medievais quanto nossa prisões e governos e sua ideias de justiça e ordem das coisas. É por isso que na Finlandia eles tem a sorte de morrer só dois neguinho por ano, perdão dois branquinho.

O que eu estou dizendo? Que acredito que a Lava-Jato tem grande chances de cair em mãos errados se for sorteada? E quem não acredita. Que Eike corre algum risco? Não, isso eu já não acredito. Mas esse é o ponto o que importa o que eu acredito ou não??? O inadmissível é manter sempre as mesmas brechas, os mesmos procedimentos furados que se acontecer levantarão as mesmas suspeitas de sempre mais do que bem fundadas. Essa história de ficar negando as possibilidades antes para não tomar providencias de nada e depois colocar a culpa nas mesmas possibilidades para se eximir da responsabilidade não cola mais.

Chega de colocar tudo na conta da sorte.

Mesmo que não aconteça nada, essa faltas de providência e cuidados já nos dão de antemão uma certeza que exige providências: tem gente no topo da cadeia de poder que não está nem um pouco preocupada em blindar o destino do Brasil contra tantos riscos e fatalidades, muito pelo contrário estão é apostando no oposto! Até porque já não é mais segredo que a sorte deles é o azar do Brasil. Ou melhor, não é segredo que a fortuna deles se faz nesse jogo de azar ilegal que eles venderam o Brasil.

Image for post
Image for post

Written by

X-Textos: Não recomendado para menores de idade e adultos com baixa tolerância a contrariedade, críticas e decepções de expectativas. Contém spoilers da vida.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store