Que cidade linda! por fora e podre por dentro… Doria Jr o neo demagogo

Ou porque o higienismo é o fachada clean do eugenismo

Enquanto Doria Jr bancava o Jânio Quadros…

Image for post
Image for post

A prefeitura começava a sua verdadeira limpeza:

“Com as telas, é possível ver apenas vultos das pessoas e suas barracas. Funcionários a serviço da Prefeitura Regional da Sé disseram que as telas serviriam para impedir que as pessoas da rua pudessem ver o que se passava no local. “Mas isso aqui vai durar dois dias. Logo eles (moradores de rua) tiram”, disse um dos empregados.” —

Conheço bem esse enredo e essa fantasia de outros carnavais…

A política de Doria é a da velha burguesia, talvez mais novo e bem botocada e mas ainda a mesma: limpa, arrumadinha toda polida por fora, mas podre até alma por dentro. Não será portanto de surpreender que a “lindeza” e “limpeza” de sua gestão seja feita a imagem e semelhança de tantas outras da sua classe: bela nas aparências eficiente nas falsidades.

Pelo jeito Doria é filho mesmo de peixe. sabe ficar bem na foto, enquanto por trás dos panos, ou melhor, telas se esconde o prenuncio de mais uma tragédia anunciada que será é claro negada. Afinal para que servem os tapumes senão para fingir que eles não se sabia de nada até que enfim de fato essas pessoas deixem de existir?

“O padre Julio Lancellotti, da Pastoral do Povo de Rua da Arquidiocese de São Paulo, esteve na quadra nesta quinta-feira, 5, e diz que “a situação é dramática”. “Há mulheres que estão fazendo xixi em latas”, disse.

“Criou-se uma série de expectativas que precisam ser concretizadas com urgência”, afirmou o padre. “Aos moradores de rua, foram ditas informações desencontradas para convencê-los a ir para a quadra, promessas de trabalho, encaminhamento, acolhimento, e eles estão agitados.” O padre continua: “E entre os moradores dos prédios, foi criada a expectativa de que os moradores de rua iriam sair. Há muita tensão”.

Segundo Lancellotti, os moradores de rua se queixam de serem filmados e fotografados pelos moradores dos prédios durante a noite. “Os carros passam xingando eles, fazendo ameaças. Tenho medo de uma tragédia”, disse. Há risco ainda de acidentes, uma vez que os próprios moradores fazem fogo no local para cozinhar.”

Bem, mas e se o pior acontecer? Para o bom politico não existe pior só existem oportunidades. Só para politico ruim é que desgraças são problemas, para o demagogo são matéria-prima. Sabendo como, qualquer desgraça é sempre mais uma chance de aparecer bem na foto. Essa é toda a diferença entre o bom e o mal político profissional. O mal politico cai junto com as desgraças. O bom faz carreira com elas. E Doria Junior é mesmo filho de peixe, tem futuro para representar, é um bom ator político.

E viva o apogeu da demagogia. O último ato desta peça, desta representação tragicômica da queda da Democracia.

Written by

X-Textos: Não recomendado para menores de idade e adultos com baixa tolerância a contrariedade, críticas e decepções de expectativas. Contém spoilers da vida.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store