“Ou a democracia ou a guerra”

Image for post
Image for post
O fato das nossas governos nunca terem sido democracias de verdade não implica logicamente que não exista uma guerra para jamais tenhamos republicas democráticas de verdade. Mas não se engane, os governos gringos não precisam, nem lutar, só ficam com os espólios. Afinal de contas que chance tem um tropa quando os traidores e pilhadores são sempre seus próprios comandantes?

Viana escolheu a opção de ir abertamente contra a PEC. Se ele não mudar de ideia, o que isso Significa?

Significa que a classe politica está se literalmente se desintegrando como classe. E mais rápido, do que o esperado. Agora meu velho é cada um por si.

Como eles entrando em choque e batendo em retirada. Sem reformas que a oligarquia tanto quer. Temer vai ficar ainda menos tempo do que os mais eles imaginavam, queriam e precisavam. Seja para fugir da justiça seja para jogar a conta na população. Sem um protegendo as costas os dos outros. Vai ficar mais fácil e rápido fazer a rapa nesse sindicato de ladrões.

PMDB, PT já eram. E muito cacique do PSDB vai junto. Isto é claro se o Supremo não trair de novo a população. Porém pelo jeito caiu a ficha que eles não vão conseguir fazer nada nem de popular nem de impopular com essa classe politica criminosa. Se eles não se mexerem rápido vão é rodar junto.

Ninguém quer pagar de judas. nem no Congresso, nem no Supremo. Ninguém quer seguram a bronca do um do outro, nem dos chefões. Viram o que aconteceu com Renan e sabe-se lá o que será amanhã até de um Toffoli.

Eles tem medo da justiça. Mas tem mais medo das ruas. Até porque depois que os ânimos esfriarem eles podem dar um jeito, fazer como um Collor. Enquanto houver esse Congresso, sempre dá para voltar, mas se a casa cair onde o que é que eles vão fazer da vida?

Aliás partidos políticos e partidos que não estão metidos em sujeira, se é que isso existe, deveriam ser mais inteligentes e ousados. E não só trabalhar para parar a PECs. Mas por eleições gerais já. Até para não ficarem marcados como golpistas se as eleições indiretas se firmarem. Ou pior se verem todos depostos juntos com o resto do congresso se a população explodir em revolta de vez, e o próprio poder judiciário em caráter extraordinário fizer a convocação das eleições gerais para reforma politica. Como sacou bem a ministra Carmem Lucia:

“Ou a democracia ou a guerra”

Quanto aos defensores das tecnocracias e aristocracias, passou da hora de botar as barbas de molho, e pagar de vender agendas e ouvir um pouco mais o clamor popular, até por uma questão de inteligência e observação do que está acontecendo nos países onde a teimosia insiste em não se aprimorar a democracia. Grécia, Inglaterra, EUA e agora Itália.

É vai nessa vai. Ou melhor continua nessa. De achar que pode mandar se danar a vontade do povo que nada vai acontecer. De achar que eles não sabem nada, não sabem o que querem, não entendem o que bom para eles, e podem enfiar medidas impopulares guela abaixo da população que não vai ter reação nenhuma. Se eles acham que o Brasil se resume a MST da vida ou MBL vão se arrepender.

A não ser é claro que no fundo estejam é trabalhando para derrubar e não para manter, o que não é de todo improvável:

E até se sabe para quê ou quem é o lobby :

Porém, esses nomes, essas tramas de alcova, soluções a revelia da verdeira democracia e demanda popular, não vão resolver nada. E nem colar.

Sei que quem está defendendo eleições gerais hoje é principalmente quem era contra antes e agora só quer usar o cargo como último recurso de fuga, mas basta seguir o precedente do Supremo e tornar lei o impedimento de réus também a concorrer e acabar com o foro privilegiado que os cargos eletivos vão deixar na hora de ser esconderijo de bandido.

Mas se ainda alguém tiver alguma duvida do que a população realmente quer, que se faça um plebiscito em caráter de urgência então: sobre Temer reformas constitucionais e eleições para ver o que a população decide. E não me venham com a historinha que não dá tempo. Por que fica-se 7 anos sentado sobre os processos do Renan, a população grita vocês peidam? Fica feio.

Garanto que é melhor descobrir logo, do que do pior e mais vergonhoso jeito, com protestos nas ruas ou pior ainda nas urnas. Porque pior do que parar e quebrar é colocar no governo um populista que vai parar e quebrar tudo, e não é só as contas não, mas a democracia. E depois vocês ainda vão dizer que o povo não sabe escolher? Me diga onde é que estão as escolhas, então?

Mas se alguém tiver alguma duvida do que a população realmente quer, que se faça um plebiscito então, sobre Temer sobre as reformas para ver o que a população decide. Garanto que é melhor do que descobrir do pior jeito, com protestos nas ruas ou nas urnas. Pior do que quebrar tudo é colocar no governo um populista que vai quebrar tudo, não só as contas mas a democracia. E depois ainda vão dizer que o povo não sabe escolher? Onde é que estão as escolhas, cara-pálida?

Written by

X-Textos: Não recomendado para menores de idade e adultos com baixa tolerância a contrariedade, críticas e decepções de expectativas. Contém spoilers da vida.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store