Me sinto quase ridículo escrevendo essas coisas, e peço desculpas se pareço repetitivo se de tão óbvias elas parecem. Mas democracia direta e renda básica são mais do que coisas que só escrevo, fazem parte do meu trabalho, então não posso deixar de falar.

Plebiscisto: Os paraquedistas estão tentando dar uma lapidada na tosquera.

http://www.brasil247.com/pt/247/brasil/229684/Plebiscito-ganha-for%C3%A7a-sobre-novas-elei%C3%A7%C3%B5es.htm

O ReCivitas já teve estagiários gringos que conseguiram sacar a real do Brasil mais rápido, bem mais rápido — e detalhe: eles não falavam português.

Plebiscito? sobre o governo dela? Agora? que já caiu? Ou melhor, só agora? que já acabou? Querem manter o quê? Os aparelhos ligados de um governo com morte cerebral?

É incrível. O poder não apenas vícia, mas pelo jeito, também imbeciliza mais que TV e rede social… juntas. E o pior é que para todos os efeitos legais eles são (e estão) ainda na Presidência da República.

Será que eles acham que todo mundo é idiota mesmo? Que ninguém está vendo o que eles querem mesmo fazer? Que eles não querem apoiar nada, mas pegar onda e afundar uma ideia para levantar um pouco o ibope de quem já era.

Já imaginou se eles tratassem seus interesses verdadeiros que eles acham que ninguém vê com o mesmo “cuidado”? “Ou será que eles estão pensando também em levar a Dilma para o palanque dos candidatos a prefeitos?

Tomara. Que não se avexem. “Coração Valente apoia”…

Abracem suas certezas absolutas até em suas propaganda político-partidárias mais marqueteiras e pragmáticas. E que o petismo finja que acreditam mesmo no que fala… até o fim.

Quem sabe neste dia não veremos a defesa intransigente de uma ideologia prestando enfim algum serviço a nação.

Neste dia então poderei dizer obrigado, Dilma. Sei que foi sem querer, mas se soubesse que levaria com você quem me queriam tão mal, tinha até feito campanha escondido pra você. Não, não tinha. Mas obrigado mesmo assim.

Enquanto isso… enquanto esse dia não chega, há que se cuidar para que eles não virem a mesa e comecem a dar as cartas — marcadas para variar. Porque eles vão queimar esta última bala de prata contra Cunha e cia.

E não se esqueçam falta se livrar do resto da corja.

E para isso é preciso que as diretas sejam nossas, porque se caírem na mão deles, esquece. Só uma coisa é certa: negociatas para escapar do xilindró e Temer na cabeça.

Written by

X-Textos: Não recomendado para menores de idade e adultos com baixa tolerância a contrariedade, críticas e decepções de expectativas. Contém spoilers da vida.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store