ESTADISMO: o Ouroboros para tolos (Parte 2)

O holocausto patriarcal do capitalismo estatal

Verificação Fraca

Verificação Forte

Nesta, se a hipótese estiver incorreta, pouco importará por exemplo se a desigualdade de riquezas continua a aumentar ou diminui a diversidade genética não deixará de aumentar a sua variedade com o aumento da população. Porém se a hipótese estiver correta e o capital atuar mesmo como uma ferramenta de eugenismo (negativo e positivo) a diversidade após um dado período de tempo ao invés de naturalmente aumentar por miscigenação (afinal somos seres sexuados) não apenas terá diminuído, como os genes dos clãs predominantes isto é daqueles que detém o capital estarão presentes em todas as demais classes sociais enquanto os dos dos antepassados dos atuais pobres e miseráveis e empregados estarão praticamente extintos.

Claro que estou menosprezando que o fato de o patriarcalismo é um cultura de estupro em sentido forte, isto é, de assassino dos homens dos povos dominados e estupro das mulheres, mas a tendencia é que os descendentes dos machos primogênitos serão os próximos povoadores do mundo, e seus irmãos e irmãs mais novos os seus escravos e futuros povos e clãs extintos do mundo.

Logo, se as hipótese está correta as classes dominantes de dentro de um determinado território dominado, são em geral os herdeiros dos primogênitos masculinos das classes mais abastadas do passado enquanto os descendentes dos irmãos mais novos sobretudo sexo feminino tendem a ser decair a classe servil enquanto sua gene é tolerada.

O supremacismo e o estadismo fracassaram.

O culto milenar ao poder supremo aos valores únicos falharam completamente como projeto pax para a humanidade e estratégia de sobrevivência da especie. E persistir nesse modelo nos levará a guerra e extinção em massa. Não estamos apenas em um processo acelerado de degradação do nosso meio ambiente. Estamos em um processo lento de holocausto da nossa própria espécie.

X-Textos: Não recomendado para menores de idade e adultos com baixa tolerância a contrariedade, críticas e decepções de expectativas. Contém spoilers da vida.

X-Textos: Não recomendado para menores de idade e adultos com baixa tolerância a contrariedade, críticas e decepções de expectativas. Contém spoilers da vida.