Deus do céu, me sinto gritando num abatedouro de surdos: o que o mundo precisará ver (e passar) para entender : Ninguém pode nascer sem o básico para viver. Ninguém pode morrer por falta do minimo vital.

Renda Básica INCONDICIONAL não é caridade, não é assistência, não é bolsa-família é direito humano inalienável e URGENTE, porra!

Isso não é uma fatalidade. É um crime contra a humanidade. Um crime cuja falta de uma renda básica, cuja negação da devida participação de cada pessoa também herdeira da riqueza da sua nação e da nossa humanidade, perpetua.

Que o absurdo desta tragédia sirva de denuncia as pessoas que não sabem ou nem querem saber como uma renda básica tão mínima, tão pequena pode fazer tanta falta para muita gente precisa tanto.

Não me canso de repetir:

Para quem realmente precisa a renda básica não é uma questão de se ver livre de trabalhos de merda ou de quanto será esse rendimento, mas sim de quando… desesperadamente quando virá enfim esse direito para que ela possa se livrar do terror mais abjeto que uma pessoa pode sofrer: o de morrer de fome.

Aliás, este não é nem um caso isolado.

Notem como renda básica nunca há, mas não por acaso, pesticidas é o que não faltam.

Não senhores. A pobreza assim como a guerra não é um desastres naturais, nem humanitário. É um crime contra a humanidade. E se a politica é só a guerra feita com outras armas, a pobreza é definitivamente o mesmo crime que não precisa de exércitos nem de armas.

Image for post
Image for post

Written by

X-Textos: Não recomendado para menores de idade e adultos com baixa tolerância a contrariedade, críticas e decepções de expectativas. Contém spoilers da vida.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store