Democracia Direta não é só Política é Econômica (Parte 3)

Image for post
Image for post

Renda Básica

Os anarquistas da antiga dizem que para acabar com este mal do poder político deveríamos nos livrar de todos os monopólios políticos; que todo poder político deveria ser proibido e banido. Libertários atuais dizem que não é preciso proibir nada, desde que os que adoram poder não obriguem ninguém a participar do seu culto que vivam em paz em suas terras. Mas eu digo que é preciso mais do que liberdade política plena para garantir a paz e a justiça. Digo que é preciso garantir direitos econômicos básicos como nossas liberdades políticos. Todo poder político está afinal submetido aos poderes produtivos e criativos, e só quem tem de fato seu direito a sua livre produção e criação garantidos tem direitos civis e políticos de fato protegidos e reintegrados.

O poder político é afirmativo, mas a liberdade política é meramente negativa e um estado de paz não é feito por nossas forças de reação aos ataques mas sim por nosso poder de prevenção e neutralização dos inimigos. Nossa liberdade depende não só da nossa capacidade reativa de neutralizar os projetos de poder e violência, mas da nossa capacidade preventiva de extinguir todas as circunstanciais que nos deixam vulneráveis ao mal do poder.

Sem meias palavras, a paz como estado de contra-violência depende da nossa capacidade em findar a pobreza como privação de liberdades fundamentais sobre as quais o poder se funda para depois se perpetuar em combate eterno contra uma pobreza que ele alimenta e se beneficia como estado de ignorância, dependência e alienação política e econômica.

Não que os governos sejam um problema, pelo contrário se livres devem existir de acordo com a voluntariedade de seus responsáveis e o consentimento dos comuns afetados por eles. Devemos constituir estados não apenas de defesa, mas estados de contra-violência que mantenham não apenas a desigualdade de poderes banida, mas a privação das liberdades fundamentais de fato (a privações dos meios vitais) banida como meio de aliciamento alienação ou servidão. E não se iluda estes estados de paz, não vão existir sem estados sociais de liberdade básicas como garantia incondicional do mínimo vital. Sim Rendas Básicas incondicionais.

Liberdades políticas são como leis trabalhistas elas não libertam as pessoas da escravidão do trabalho alienado, elas apenas atenuam o peso da escravidão. E a servidão (político) assim como a escravidão (econômica) não são “fardos” a serem atenuados para continuar a ser suportados e carregados. São crimes. E só podem ser abolidos.

A escravidão e servidão, a alienação política e econômica ainda que separadas e disfarçada como trabalho forçado por privação das necessidades básicas e cidadania delegada a mandatários políticos não são direitos, mas concessões de poderes liberais sobre liberdades e direitos naturais roubados.

X-Textos: Não recomendado para menores de idade e adultos com baixa tolerância a contrariedade, críticas e decepções de expectativas. Contém spoilers da vida.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store