Criminalizando as mulheres dos policiais e (auto)anistiando os Bandidos da Classe Politica

Democracia versus Autocracia: A Arte da Guerra e Poder contra a Arte da Paz e Liberdade

http://politica.estadao.com.br/noticias/geral,lobao-afirma-que-anistia-a-caixa-2-e-constitucional,70001661823

Enquanto eles desmontam e criminalizam os serviços e servidores públicos(inclusive os militares e suas famílias);

Enquanto eles sitia e marginaliza toda população;

Eles, a classe politico-criminosa se preparam para se auto anistiar de seus crimes para perpetuá-los.

Alguém tem alguma dúvida de quem vai detê-los se não for a Justiça com o apoio da população?

Alguém tem alguma dúvida do que será do Brasil, ou melhor do povo brasileiro se eles não forem detidos por ninguém?

Image for post

E quem não puder deixá-lo?

Estamos a brincar com o fogo. Estamos a brincar a beira de um precipício:

Porque regimes autoritários com ou sem militares, chamem de golpe, chamem de revolução, de esquerda ou direita são a mesma bosta. E referências veículos conservadores para demostrar isso:

Não podemos nos deixar aterrorizar como crianças porque o terror e a repressão são a armas dos tiranos para encobrir suas crises e crimes, destruir democracias, e levar a sua próprio povo a barbárie e sacrifício pela idiotizarão em massa, literalmente:

Não é uma questão de esquerda ou direita é de progresso ou retrocesso. De liberdade e futuro, ou grilhões e passado.

Iniciamos com a derrubada de um de classe politica criminosa que precisa ser concluída por completa. A chapa Dilma-Temer precisa ser cassada e todos os envolvidos precisam responder na justiça, as acusações que lhe pesam longe do poder. Sua presunção de inocência deve ser preservada como cidadãos comuns e não como governantes com poderes para influenciar as investigações e julgamentos. É simples como o dia:

Inocentes ou não, os servidores públicos que NÃO possuem a confiança e respeito absolutamente necessário da população e sequer dos subordinados não possuem mais as condições de ocupar seus cargos e governar uma pais. E isto não é um principio libertário, isso é um principio universal a toda comunhão de paz.

O médico que não goza da confiança dos pacientes. O piloto dos passageiros e tripulantes. O comandante em chefe dos soldados. O dono da empresa dos sócios e clientes. O empregados dos seus chefes. E os chefes de seus empregados e do público. O advogado do seu cliente. A falta de confiança é fatal para qualquer relação ou comunhão de paz.

A inconfidência é a mãe das revoltas e revoluções e golpes. E o Brasil hoje já vive em um estado de inconfidência que pode tanto resultar numa revolução quanto em mais um autogolpe.

A arte da dominação do homem pelo homem está em manter os custos da rebelião sempre maiores do que o da submissão. Uma arte maligna que essa classe politica encastelada perdeu completamente a mão e a noção. E isso seria algo positivo se a povo estivesse unido e consciente de quem são seus verdadeiros inimigos e não divido e pronto para ser conquistado.

Não basta portanto o governo falhar é preciso a sociedade se acertar. Pois do contrário o caos que eles disseminam se torna a desculpa da sua própria reafirmação como repressão. E o estabelecimento de outros regimes autoritários capazes de manter a velha ordem.

O poder e o autocracias se retroalimenta e se reafirma com caos, terror e violência. A liberdade e democracias de ordem, confiança paz e consensualidade.

A arte da liberdade não é se faz meramente tornando os custo da submissão pela submissão e repressão insuportáveis para a população, isso o poder faz sozinho, a arte da libertação consiste no processo justamente contrário ao da dominação isto é, tornar os custos da comunhão, democracia e da paz um preço que qualquer pessoa seja capaz de pagar sem o sacrifico a sua própria vida e liberdade. A arte da libertação não é arte da guerra é arte da paz. A arte de fazer reduzir o custos da relações consensuais e proteção dessas comunhões de paz ao um valor sempre maior e um custo sempre menor que o da ilusão de segurança por submissão e servidão.

Quando os violentos e autoritários avançam e somos obrigados a nós defender da sua agressão. Nós já perdemos uma oportunidade única. A de preservar a nossa vida e conquistar nossa liberdade em paz.

A liberdade não é a guerra nem a paz é passividade, ambas são um movimento perpétuo de contra-violência e emancipação. Um constante vigília contra a vigilância, de desmonopolização dos poderes, é defesa das relações consensuais. Não é vontade de poder, é livre vontade que se afirma contra toda desigualdade de autoridade e poder imposta a força. Sobretudo por ameaça, repressão e privação.

A liberdade não é um culto ao medo, a violência e morte, mas a coragem, a paz e a vida. Não precisamos de violência nem repressão, precisamos que se corte o mal pela raiz, precisamos que se detenha sem violência apenas retirando do poder quem está plantando seja com com má-fé seja com incompetência, seja com ambas aliadas, o caos para se vender literalmente como O Mal necessário.

Estamos caindo numa armadilha.

Se as pessoas querem representantes coletivos que escolham então os seus, mas dentro do respeito as direitos fundamentais da liberdades individuais de cada um. Que o façam dentro de um Estado de Direito e não de Exceção. Por que é isso o que já estamos vivendo, e caminhado para seu agravamento.

A solução não é regimes autoritários nem da velha esquerda, nem da velha direita do século passado. Não estão construindo nem pontes nem pinguelas para o futuro do Brasil, só estamos trocando um regime autoritário-corrupto mal disfarçado de esquerda, para mais descaradamente corrupto e autoritário de direita. Onde somente a ordem da classe politica e econômica que continuará se prevalecendo e usurpando se inverterá de polo.

Esse é o verdadeiro golpe de toda a classe politica e seus donos contra a Democracia. Porque os recursos que faltam aos servidores e serviços públicos, não estão nas mãos dos bandidos que estão tomando as ruas. Mas sim nas mãos deles. E portanto a solução da estabilidade institucional e fiscal está na eliminação da raiz dos problemas do Brasil: o desmonte deste sistema corrupto e seus esquemas. E não obviamente em manter os cofres públicos nas mãos deles!!!

Por isso, nem que sobrem apenas 10 gatos pingados na política para disputar a presidência e tenhamos que convocar eleições para renovar todo o congresso nacional. É urgente retirar quem pode derrubar a democracia do poder. Não importa o partido. O golpe é duplo: eles roubam os recursos, e ao mesmo tempo tramam para impedir as investigações e legalizar seus crimes.

Não importa sob quais valores se contabilize os prejuízos causados pela classe politica, os institucionais, os econômicos ou humanos. Eles se tornaram insustentáveis. A situação é tão grave e o papel da classe politica é tão pernicioso, que mesmo que não tivéssemos nenhum representante executivo ou legislativo, mas só a justiça e servidores públicos respondendo diretamente a constituição, o Brasil estaria em menos risco politico e econômico que hoje se encontra.

É evidente que isso seria uma ditadura tecnocrática, porque até dispomos de instrumentos de iniciativa e consulta popular como plebiscitos e referendos, mas eles tem tanto poder de controle e mando quanto o povo e a sociedade tem soberania. Logo,. mesmo sem a classe dos corruptos por excelência precisaríamos ainda sim instituir efetivamente esses dispositivos democráticos. Mas uma coisa é absolutamente certa: pelo menos não seria mais impossível, como é hoje, quando temos que implorar por nossa cidadania a quem vive legal e ilegalmente do seu roubo e usurpação. Definitivamente, lutar pelo progresso da democracia e cidadania depois que os esquemas de corrupção e autoritarismo foram desmontados pelo simples fato de que todos esses criminosos foram postos fora do poder seria bem mais fácil, ou no mínimo menos perigoso. Porque pedir mais democracia para políticos é como pedir para o cobradores que acabem com as catracas. E peço perdão aos cobradores pela comparação porque eles trabalham.

Não estamos portanto adiando uma solução inevitável. Estamos dando todo o tempo que esses atravessadores criminosos políticos precisam para virar a mesa.

O tempo nessa luta por democracia é fundamental. Se eles continuarem o bisturi na mão. Eles não vão curar o Brasil ele vão matar o paciente. Até porque não é um ou outro cidadão é a povo todo que sabe demais.

Written by

X-Textos: Não recomendado para menores de idade e adultos com baixa tolerância a contrariedade, críticas e decepções de expectativas. Contém spoilers da vida.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store