Não meu amigo, não somos californianianos. Somos um grande Mississippi.

https://g1.globo.com/bemestar/noticia/onu-diz-que-liberalizacao-de-maconha-na-america-latina-reduz-percepcao-de-riscos-do-consumo.ghtm

O Jife, órgão das Nações Unidas encarregado de velar pelo cumprimento dos tratados internacionais em matéria de drogas, espera que o Governo uruguaio envie “em um futuro próximo” uma avaliação sobre as consequências que a liberalização da maconha tem na saúde pública.

O Jife? Conheço. Me reuni com funcionários deles em Paris, onde eles traçavam planos para velar pelos próximos projetos-pilotos de renda básica “universal”. Taí, uma coisa que não posso negar que eles estejam bem preparados para fazer bem: velar.

Não meu amigo, não sou californianiano. Sou daquelas raças não-brancas, latinos que “segundo autoridades e seus estudos” não responde as mesma leis do desenvolvimento humano seniano, onde a liberdade reduz a percepção e a repressão violenta aumenta…

Essa é a nossa vida, minto, é a deles.

Porque acredite ou não, aqui eu sou branco,ou qualquer coisa mais ou menos parecida com isso aqui…

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store