Caiu o pano. É luto oficial: a velha esquerda morreu. Morreu não, essa se matou mesmo. Que estão esperando? Já foi tarde. Enterra logo! E que venha a nova esquerda!

Morreu. Morreu e vai pra cova juno com a direita arcaica e bandida que abraçou e nunca abandonou nos bastidores. E nem para morrer como Fidel (que nunca foi santo). Morreu abraçada com os filhotes dos Fulgêncio Batista do Brasil.

Eis a capa do 247 (a principal midia deles) sobre a queda de Rena Calheiros:

Image for post
Image for post
desespero total

Porque não pense que essa “centro” esquerda é o mal do pais não senhor. Só não vê quem não quer. A “centro” direta caminha para o mesmo fim. O centro é podre, o bojo do poder está cheio de vermes. Não adianta ficar procurando substitutos ou interinos… não só no Brasil, mas no mundo, o recado da população nas urnas é claro:

não são os governos que precisam se renovar é a democracia precisa se atualizar e com urgência. Porque as pessoas querem seus problemas e injustiças sociais e econômicas resolvidos, e se os tecnocratas e oligarquistas continuarem tentando tapar esse buraco gigantesco no seus sistema de esgoto com chiquete com remendos democráticos meio boca, plebiscito aqui, referendo acolá, achando que vai dar uma acalmada, vai é colocar mais pressão e quando estourar vão morrer afogados na própria merda.

Por isso não interessa só a verdadeira esquerda que essa nova esquerda mais libertária se firme contra essa velha esquerda autoritária. Interessa também a própria nova direita libertária e anti-autoritária ter uma esquerda renovada que faça um debate e oposição honesta, mas que seja uma aliada contra extrema-direita que irá engoli-la se ficar sozinha.

De fato interessa a toda sociedade termos uma nova esquerda e direita capazes de cooperar não mais como um sindicato de ladrões contra a população, mas como os lados representativos da tolerância e liberdade para toda a diversidade de opiniões de uma democracia que justamente não pode tolerar ascensão dos populistas intolerantes, nem a permanecia desses ladrões autoritários.

Cunha, Renan, Dilma, Lula e Temer principalmente Temer porque é a cabeça da vez… todos devem e vão encontrar de um jeito ou de outro o seu devido lugar na história. O Leviatã é uma serpente de muitas cabeças, por isso mesmo, quando você corta uma e deixa as outras imediatamente você já deve se perguntar… e o Alckmin, o Serra, O Aécio, O FHC… É um trabalho de São Jorge, cabeça por cabeça até que o corpo do monstro caia. Se sobrar uma, uma que seja, outras renascerão no lugar.

Written by

X-Textos: Não recomendado para menores de idade e adultos com baixa tolerância a contrariedade, críticas e decepções de expectativas. Contém spoilers da vida.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store