BIG BROTHER DA MORTE e O Renascimento de uma Nação (na verdade duas)

Se você ainda acha que a relação entre imbecilização da população e a industria do entretenimento como as ditaduras disfarçadas de democracia e seus guerras policiais ou internacionais não tem nada ver, então talvez essa notícia o ajude a despertar:

Ditadura e Escravidão assalariada.

Ou seja: Servidão Política, Escravidão Econômica, e Alienação Cultural.

Esta última então entuchada em nossos corpos a nossa revelia, sem sequer sabermos ou percebermos como os venenos na nossa comida, a poluição no nosso ar e a água. Matando ao mesmo tempo nossos corpos, mentes e antes deles nossa vontade de viver. Doses cavalares de poluição, lixo e veneno vendidos como delicatessen conforto e entretenimento. E tudo isso transmitido ao vivo num reality show. Tudo isso em promoção para você pode gozar (e se desumanizarem) vendo os outros agonizando, sofrendo ainda mais do que elas sofrem todo dia enquanto são atiradas aos leões nesse circo romano moderno, essa sociedade do espetáculo higtech:

Pão e circo para a plebe dos cidadão de primeira classe dos impérios e burguesias das províncias. Chicote e guerra para os escravos das judeias. Ódio aos estrangeiros e adoração aos grandes líderes.

Eis o nosso admirável mundo velho.

Ditadura, escravidão e alienação. Mas pode chamar de democracia, emprego e diversão.

Porém, infelizmente isso é mais do que uma prova de que já vivemos numa distopia de pão e circo. Isso é o sinal que não estamos saindo dos conflitos geopolíticos e guerras que marcaram o Oriente Médio e Ocidente, mas que estamos caminhamos, ou pelos menos eles estão se preparando para conflitos ainda mais sérios e maiores.

Como é possível deduzir isso daquilo?

A dose da anestia.

Infelizmente, a dose de anestesia precisa sempre maior ao tamanho da intervenção a qual se pretende manter a sociedade como paciente-inconsciente.

Mas eles agora não serão todos amiguinhos? Putin e Trump?

Até mesmo Trump e Temer…

Exatamente, agora eles serão todos “amiguinhos”? Pergunta quem então serão os inimigos de Estado…

Não. Ainda não temos algo como um BBB da morte, mas temos alguma parecida que serve ao mesmo propósito no que se refere aos propósitos estratégicos da nossa guerra civil e holocausto urbano.

Sibéria? Sibéria pra quê? Aqui é Brasil, mocinho. Quem precisa de reality show no fim do mundo, com Datena, Cidade Alerta e a nossa desigualdade social e violência urbana? Mas isso não é realidade é realismo fantástico, é o show da vida. Nada disso é real… porque no Brasil nunca tivemos nada disso, tortura, escravidão, esquadrão da morte, guerras, quilombos, revoltas escravas e populares, corrupção, elites racistas, governos eugenistas… é só um show.

Definitivamente não precisamos de Sibéria. A Sibéria é aqui. Nós já temos nossa Grande Nação e nosso grande reality show da vida transformada em morte. Temos um grande Nação digna do continente Americano e como todas as Nações do “Novo Mundo” também fomos construídas sobre governos e fundamentos sólidos trazidos por nossos intrépidos pioneiros:

“O Nascimento de Uma Nação [2016] é uma obra importante por alguns motivos. Extremamente chocante, as cenas de tortura são as mais impactantes já mostradas em um filme do gênero. Ele foi taxado, entre outras coisas, de maniqueísta. Tal maniqueísmo, na verdade, deve ser visto como realismo. Não há personagens bons ou maus aqui. Somente homens e mulheres que agem dentro das convenções sociais daquela época. Brancos mandam, negros obedecem. Qualquer gesto de cortesia entre pessoas de etnias diferentes é frágil e pode ruir ao menor sinal de que uma destas convenções foi desrespeitada.”

Boa pergunta: E quais são as convenções da nossa época? E da nossa nação?

De que lado da história da humanidade você está da Senzala ou do Sinhozinho da Casa Grande?

X-Textos: Não recomendado para menores de idade e adultos com baixa tolerância a contrariedade, críticas e decepções de expectativas. Contém spoilers da vida.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store