Assembléia Constituinte Cidadã Exclusiva para a Democracia Direta

Porque o Pacto Social e não pode nunca mais ser reduzido as negociatas políticas

Image for post
Image for post

Pelo fim do Foro privilegiado?

Não pela inicio do estado de igualdade de autoridade como garantia de fato da liberdade fundamental.

Simplesmente não há mais nada o que falar. Nada.

Chegamos em uma encruzilhada onde ninguém é capaz de depor mais contra eles do que eles mesmos. Simplesmente não há mais nada que eles possam fazer que já não tenham feito, continuem a fazer ou continuarão fazendo se não forem detidos. TODOS ELES.

A nós portanto só nos resta livrar-se deles.

E quando digo nós, me refiro a quem não recebeu nem pagou propina, não se vendeu nem comprou ninguém com cargos. A nós que portanto não fazemos parte desse esquema só cabe discutir o que precisaremos fazer para definitivamente nos livrar dessa velha política .

Fim do Foro Privilegiado? Reforma politica? Eleições gerais?

Tudo isso é válido mas não basta. Precisamos nos livrar destes velhos partidos e políticos primeiro. Mas também nos blindar de qualquer outra quadrilha que possa vir depois deles.

Está mais do que claro que nada, nem mesmo uma nova constituinte dará em nada se feita por esse corruptos que estão aí. Assim como nenhuma nova república durará muito se não taparmos definitivamente os buramos onde esses ratos se entocam.

Precisamos acabar suas prerrogativas que mais parecem direitos de monarcas do que de servidores públicos; todas elas, que roubam nossos direitos, liberdades e soberania.

Precisamos de nada menos do que uma nova assembléia constituinte verdadeiramente cidadã, sem essas quadrilhas e bandidos disfarçados de representantes. Precisamos de uma nova constituinte composta pessoas comuns com interesses em comum. Que tenham por missão única instituir uma verdadeira democracia no Brasil.

Precisamos de uma assembleia constituinte exclusivamente composta por gente que não irá ocupar o poder, não porque estarão proibidos depois dela, mas sim porque os mandatos depois desta constituição não mais existirão, ao menos não como os conhecemos hoje, com todo esses privilégios e poder de mando.

Precisamos de uma assembleia constituinte exclusivamente composta por cidadãos e exclusivamente dedicada a instituição da verdadeira democracia, a democracia direta.

Precisamos de uma assembleia constituinte exclusivamente composta por cidadãos e exclusivamente dedicada a instituição da verdadeira democracia, a democracia direta.

Eis é o único meio pacifico que nos resta para reduzir os poderes de quem jamais renunciará ao seu desejo de usurpar o pais. E o caminho para restituir nossos bens públicos e direitos políticos roubados.

Precisamos de uma assembleia cidadã dedicada a tornar os dispositivos plebiscitários e referendários obrigatórios nas decisões governamentais. E obrigatórios não como meros instrumentos de consultas popular, mas como mandatos permanentes da população sobre toda a coisa publica e seus representantes. Mandato tanto para dizer exatamente o que precisam e o que querem que se faça, quanto para dizer “fora já” àqueles que descumprirem esse novo contrato social.

Não existe outra caminho para nos livrar definitivamente destes parasitas que tomaram a coisa pública: precisamos de uma cidadania mais plena, com menos poderes para eles e mais liberdade e direitos para nós.

Fora Todos? Eleições Gerais? Um novo pacto social? Com certeza. Mas para nós e não para eles: Democracia Direta Já!

E não adianta dizer que isso é utopia, ou é impossível. Por essa é lógica da plataforma Governe-se. Tudo que precisa ser feito é universalizar esta ou uma desenvolver uma ainda melhor. E se um três gatos pingados conseguem desenvolver botar de pé tecnologias sociais e até fazerem funcionar para algumas pessoas imaginem o que com todo os bilhões a disposição dos ladrões do Estado.

A Democracia Direta agora está como a Renda Básica: tecnologia e recursos sobram; falta só nos livrar daquelas pecinha entre o povo e sua soberania: a classe política.

Isto está longe de ser o Estado de Direito Democrático ideal , mas é o estamos Democrático que cada dia mais urgentemente precisamos se quisermos continuar vivendo num estado minimo não liberal mas de paz.

Pois bem, vontade política já sabemos que não existe- e do que é feita. Falta-nos agora descobrir do que é feita a nossa vontade.

Written by

X-Textos: Não recomendado para menores de idade e adultos com baixa tolerância a contrariedade, críticas e decepções de expectativas. Contém spoilers da vida.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store