A verdadeira revolução é a democracia

Um dialogo imaginário com um não-libertário e não-revolucionário, mas ainda sim defensor da democracia

Calheiros responde: “Me chamaram?”

Depois tem gente que não sabe porque pobre tem tanto pobre fudido, revoltado ou bandido. Ou porque tanta gente de esquerda que gosta de Chê, Marighella, Prestes… ou de extrema direita pedindo o retorno dos milicos. Porque será que tem tanto brasileiro que gosta tanto desses assassinos? Será que é pelo mesmo motivo que os americanos e francesas gostam dos seus:

Ok. Você vai me dizer que os americanos fizeram uma revolução mas não fundaram uma ditadura de esquerda como Cuba ou Russia de esquerda, ou de direita como a Brasileira, a Espanhola(Franco) ou Portuguesa(Salazar)- depois a culpa é só dos gringos e não da igreja católica “progressistas”. Mas deixa pra lá… Vou fingir que a servidão e escravidão não são a pior forma de ditadura e concordar com você, pra não fugir do assunto. Até porque também não defendo Cuba nem da Russia. Repudio todas ditaduras, estados de injustiça e exceção e privação de liberdades, sejam eles de esquerda ou de direita. Porém, se você também não gosta de Cubas ou Russia, mas tem uma quedinha (ou paga pau mesmo) para as Franças e Estados Unidos das Américas, tem que ter um mínimo de coerência: eles não se tornaram os países que são (nem para o bem nem para mal) chupando o saco de governante vendido e bandido. Não chegaram onde chegaram sem uma revolução. Da minuscula Cuba as potencias Russia, França e EUA todos eles tiveram o mínimo de dignidade de se libertar dos interesses estranhos a seu povo, seja ele externos ou internos mesmos.

Ok. A época das revoluções armadas já se foi… espero e quero quer nisto. Mas quem disse que todas as revoluções são armadas? Na verdade até mesmo as revoluções armadas, são antes de pegar armas revoluções culturais. E mesmo que não pegassem em armas teriam mudado o mundo. Na verdade, acredito profundamente que só não mudaram mais porque caíram nessa armadilha.

Novamente você pode discordar de mim. E dizer que não existe revolução nem estado de paz sem violência. Mas ainda sim, não adianta negar que não é a violência desse estado ou revolução que constituirá sua legitimidade mas sua cultura de paz e justiça em oposição armada ou pacifica a violência e injustiça. E se alguém viola esse principio fundamental mesmo que ou sobretudo um agente de estado, temos então a queda da democracia e a confirmação empírica que estamos já numa autocracia. Mais precisamente numa cleptocracia agora totalitária.

E tem panaca que ainda chora a volta dos seus autoritários, a direita da sua ditadura, a esquerda dos seus arremedos de “comandantes”, não. O problema não foi ter derrubado os “milicos”, nem os “petralhas”, o problema é pararmos para sentar e chorar e voltar atrás. É hora de pedir mais democracia, mais liberdade, mais estado de direito. Isso é a verdadeira revolução. Não podemos nos render, nem tolerar esses mafiosos que resolveram dar um golpe de Estado. É hora de tomar coragem e ir além.

Não adianta. Fechar os olhos não vai mudar o mundo ou sua lógica. E cada geração de brasileiros que foge a sua responsabilidade. Apenas lega como herança para seus filhos a sua desgraça da sua servidão.

Porra, se um povo nem quando o própria policia e poder judiciário que nada tem de libertadores desafiam as classes politicas e oligarquias bandidas se levanta então vai morrer escravo gigante, esplendido e dormindo na merda mesmo. Quer mais mamão com açúcar do que fazer revolução não só dentro da legalidade, mas junto do poder legal. Ah, mais que isso é pedir para deus que é brasileiro descer do céu, e limpar a nossa bundinha pra gente, neném. Vamos lá, cagalhões unidos jamais serão vencidos… Experimenta doí, nada não:

Fora Renan. Fora Temer. FORA TODOS. Diretas já!

Mas o afinal eu proponho de concreto e estratégico então perante as circunstâncias legais:

1.Dar todo apoio para que o poder judiciário resista. Ao que tudo indica é o ultimo poder dessa velha republica ainda sensível as demandas populares. Logo o único com inteligente suficiente para entender (e acho que agora já entendeu) a ameça que enfrentamos. O perigo que esse levante da classe política representa.

2. fazer as demandas pelas reformas politicas urgentes necessárias, através do Justiça, preferencialmente STF, (se ele é claronão virar casaca de novo). As demandas são as seguintes:

(i) Impedimento dos políticos e partidos de concorrer a cargos eletivos enquanto respondam por crimes.

(ii) Fim do foro privilegiado.

(iii). A demanda mais importante: Convocação imediata eleições gerais concomitante a consulta popular elencando as reformas políticas que deverão ou não ser legisladas em caráter obrigatório por esses novos representantes. (Observação: não vou nem entrar no mérito de quais as alternativas de reformas deverão ser colocadas na consulta popular, exceto que deverão haver compreender todas as alternativas de modo a evitar voto de protesto contra mais esse golpe e manipulação. Senão dá a merda da U.K e Itália…)

Essa é a “pinguela” que precisamos para atravessar essa crise e chegar onde queremos, e não a que eles colocaram lá e que só levam para onde eles querem e não queremos ir nem a pau. Queremos mais direito e mais democracia e não ditaduras ou governos autoritários e criminosos. Fora isso é a morte da democracia.

X-Textos: Não recomendado para menores de idade e adultos com baixa tolerância a contrariedade, críticas e decepções de expectativas. Contém spoilers da vida.

X-Textos: Não recomendado para menores de idade e adultos com baixa tolerância a contrariedade, críticas e decepções de expectativas. Contém spoilers da vida.