A Lava-Jato acabou (Parte 1)

Sem protestos nas ruas a lava-jato está sozinha. E sozinha ela não é mais um fator de transformação do sistema, mas como cada um de nós, parte dele.

Image for post
Image for post
Manifestações de Junho de 2013

As operações podem até continuar, mas nem se eles quiserem vão pegar mais todo mundo. Sua atuação quer eles queiram, ou não, já foi, está reduzida ao papel caçadores de bodes expiatórios. Os partidos políticos estão blindados pelo STF. Os “movimentos sociais” estão com os partidos políticos e o povo está aterrorizado pela onda (quão oportuna) de crimes. Como vetor da mudança desse sistema corrupto a lava-jato infelizmente foi. Já era, não tem mais a força que tinha para abalar os esquemas. E por uma simples razão, nunca foi ela sozinha a romper a desses castelos.

Suponham que eu errado e que eles não aceitam esse papel. A questão não é essa. A grande pergunta é: o que esses promotores e juízes podem fazer sozinhos? A grande questão é que chance eles tem sem novos protestos nas ruas?

A anima dessas transformações eram os protestos contra o governo e a corrupção, sem isso, não é só a Lava-Jato que morre, é a chance única produzir reformas do sistema dentro do sistema. Como os 3 poderes realinhados. A classe política de novo reagrupada. E a cabeça da população dominada e focada em outras ameaças. Acabou. A estratégia do bode na sala funcionou… por enquanto.

Para que a Lava-Jato retome sua força e consiga quebrar mais uma vez a blindagem da classe política e pegar quem agora está sentado no trono. Seria portanto necessária uma nova mobilização popular, de novo não por 2o centavos, mas por direitos.

A luta por direitos. onde as coisas sempre começam e renascem.

Considerando contudo que claramente que os movimentos de direita que mobilizaram esses levante não estavam propriamente contra a corrupção, mas contra o antigo governo, e suas lideranças estão dispostas a fazer vista grossa e se acomodarem nele inclusive junto com a própria “esquerda” que gritou golpe e hoje pede arrego ao seu traidor favorito.

Não.

Não é só a Lava-Jato que está isolada. É o povo mesmo que está sozinho, e claro para seu azar e sorte deles, de repente e oportunamente sitiado pela criminalidade, a espera de forças militares e salvadores da pátria. O Brasil é definitivamente um pais de “trapaças da sorte”.

Ainda somos os mesmos e vivemos como nossos pais…

Written by

X-Textos: Não recomendado para menores de idade e adultos com baixa tolerância a contrariedade, críticas e decepções de expectativas. Contém spoilers da vida.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store