A decisão que fala (e causa) por si só

E tem gente que ainda diz que vivemos num estado democrático de direito e não numa senzala politica. OK, vou fazer de conta que vocês me convenceram. Pronto. Agora, só falta convencer os senhores da casa grande disso. Ah, e não se esqueça: dos brancos-da-casa e seus jagunços. Bom diálogo republicano pra vocês.

Image for post
Image for post

Sinto muito, meus amigos, mas esse Calheiros tem razão, a decisão fala por si só: como acabar como o foro privilegiado, se não somos nem iguais em direitos? Como é possível acabar com os privilégios se não somos iguais em direitos?

Democracia é igualdade de poderes como deveres e liberdades fundamentais como direitos. O resto é isso aí que vocês estão vendo: a desigualdade de poderes e direitos em favor de um sindicato de ladrões contro o povo refém de seus mandos e desmandos legalizados no seu território.

É impressionante, nem mesmo se sabotadores anarquistas se infiltrassem no Estado eles conseguiriam destruí-lo e fazê-lo tão odiado e desprezado pela população como tem feito os detentores dos poderes máximos da república. STF, Senado, Câmara e Presidência. Tudo junto e misturado.

A continuar assim: A economia popular (que não é o mercado) parada; os direitos sociais sendo precarizados; e a casta no poder fazendo tudo o que pode e o que não deveria (para o seu próprio bem) para continuar lá, veremos mais breve e inesperadamente do que se imagina a ruptura do tecido social.

Porém essa decisão do ministro prova que quem acusava o STF de ser parcial estava errado. O STF não é de esquerda nem de direita, o STF é eternamente de quem estiver no poder. Seu lema deveria ser: “se é governo sou a favor”.

Definitivamente não é a inteligência dos revolucionários que provoca os levantes populares, é gravidade da estupidez social dos homens de Estado.

Não estamos assistindo o Estado contra a sociedade, mas os poderes máximos do Estado contra a própria base do serviço publico e a sociedade. Uma casta de privilégiados unida declarando guerra não apenas contra o próprio povo que a sustenta, mas contra a própria base dos servidores públicos que os protegem contra eles.

Claro que nem eles são tão estúpidos de se indispor de se indispor com todos os servidores publicos, principalmente os armados.

Não, não é o Estado contra a Sociedade. É o poder supremacista contra a cidadania e seu serviço público. O topo da piramide contra sua base e os fudidos que a carregam no lombo como animais de carga (tributária). Isso não é um governo, isso é a receita de uma bomba social que ainda foi desarmada. O pavio da economia não foi apagado, só está queimando mais devagar. E assim continuando, a questão não é se ela vai explodir, mas quando.

O corporativismo estatal está apostando muito alto na recuperação milagrosa da economia para poder salvar seus membros mais “notórios”. Se essa recuperação não vier, e logo, essa aposta vai custar muito caro que qualquer beneficio. Assim, partindo, portanto, do necessário pressuposto da inocência e que a blindagem a Renan não envolve nem chantagem intimidação ou vantagem indevida a membro do STF. (Quem pensaria numa barbaridade dessas?Porquê?) Salvar uma figura indefensável destas pode custar a própria muito mais do que só a credibilidade do Supremo.

Dito assim, talvez seja até melhor… hoje o povo acorda é pede pelo fim do insustentável foro privilegiado; amanhã acordará para coisas ainda piores como essa: a desigualdade de poder e autoridade. E clamará enfim o fim dos poderes supremos e de todos todo poderosos. Clamará enfim por um verdadeiro estado de democrático de direito.

Aliás clamará não, proclamará. porque quem reclama e clama pede, quem proclama manda, ou melhor comanda em igualdade de direito com todos os iguais. Democracia.

Written by

X-Textos: Não recomendado para menores de idade e adultos com baixa tolerância a contrariedade, críticas e decepções de expectativas. Contém spoilers da vida.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store